Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR. Portanto assim diz o SENHOR Deus de Israel, contra os pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não as visitastes; eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o SENHOR. E eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos; e frutificarão, e se multiplicarão. E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o SENHOR. (Jeremias 23:1-4)” Deus criou você para ser uma estrela com sua própria grandeza, executando o potencial que Ele mesmo lhe deu. E Deus me enviou à terra com uma missão. Só Ele pode me deter, os homens nunca poderão. E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. Esse blogger tem como objetivo trazer ao público interessado uma verdadeira meditação sobre o que realmente tem levado centenas de pessoas a não irem mais a Igreja. Nosso objetivo é buscar respostas através de cada opinião aqui registrada.

domingo, 23 de dezembro de 2012

2013 ANO DA COMUNIDADE PROFÉTICA MINISTÉRIO VIDA DE BRASÍLIA - A MINHA CASA SERÁ CHAMADA CASA DE ORAÇÃO (MATEUS 21:13)

“E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração;” (Mateus 21:12-13) Não será em denominações, instituições religiosas, que encontraremos a essência do nosso Deus. A fé incondicional que adquirimos em nossa conversão a Cristo tem sido deteriorada ao longo dos anos e isso não será reposto por homem algum, é necessário que você, eu e todo aquele que tem sentido a falta do primeiro amor, volte ao ponto onde começou, refletindo a respeito da nossa condição de dependencia total de Deus em Cristo. Nada mudou, nada mudará o fato de que o amor do Pai por todo aquele que o busca é irrevogável, Deus te ama e ponto final. ​ Não me interessa o que outros pensem, o que realmente deve nos interessar é o que Deus pensa ao nosso repeito, e a resposta está na palavra: "Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.​ E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração"(Jeremias 29:11-13). A Comunidade Profética Ministério Vida de Brasília, buscará incensantemente mostrar que a Igreja como templo deve ser verdadeiramente uma casa de oração, onde aqueles que se converterem não deixaram o primeiro amor esfriar, os que sentem que o amor esfriou, voltaram a sentir a chama acesa que está em Jesus e que nunca se apagou, e seus membros estaram a todo momento buscando intimidade com o Pai e seu Filho Jesus Cristo por meio do Espirito Santo, lendo, meditando, e refletindo na palavra de Deus. E cremos que todos estaram crescendo com ordem, servindo a Deus, cada qual em seu chamado, sem serem podados de seus dons que seram direcionados a serviço do Reino de Deus. Queremos que todos aqueles, remanescentes que o Senhor nosso Deus e Cristo Jesus nos enviar, sejam verdadeiramente apascentados, cuidados, ensinados no evangelho de Cristo, e assim crescer com o alimento genuíno que é a palavra de Deus. Qual seu dom? você está parado, sem fazer nada a favor do Evangelho, levante-se de onde parou, venha ministrar na casa de Deus aquilo que Ele mesmo te presenteou, aos que não te desejam, nós dizemos venha como está!!! Vem ser uma benção, venha louvar, orar, exaltar, glorificar o Deus que jamais se esqueceu de voce ou te abandonou! Graças a Jesus, há sobre a terra um povo remanescente, que pode comprovar que Deus é justo e os argumentos do diabo contra o Pai e Cristo, são mentira. O diabo diz é impossível guardar a Lei de Deus, mas a cada dia Deus prova ser possível que seus remanescentes possam viver uma vida em harmonia comforme a sua vontade. ESTAMOS CHEGANDO... DESEJA ORAÇÃO?​ DESEJA UMA VISITA?​ DESEJA RECEBER UMA PALAVRA VIVA E EFICAZ?​​ ​​DESEJA FAZER PARTE DESSE MINISTÉRIO? ENTRE EM CONTATO CONOSCO PELO E-MAIL: cpmvbrasilia@gmail.com

terça-feira, 20 de novembro de 2012

PAULO A CAMINHO DA LUZ SALVADORA

Em Atos 9:3 diz; "E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu."

Quero dizer que sempre há um caminho que nos leva em direção a salvação, e que o único caminho chama-se Jesus Cristo. João 14:16 diz: Disse-lhe Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” Só através de Cristo podemos ter acesso a Deus. Paulo na sua 1ª Carta a Timóteo capitulo 2:5 escreve “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” Milhares de pessoas se encontram caminhando a procura da salvação. Adoram imagens, animais, pessoas, plantas, pedras e tantas outras coisas. Precisamos estar prontos para RESPLANDECER. A presença de JESUS se fez resplandecer para PAULO naquele dia. Precisamos chamar a atenção e sermos como LUZ para essas pessoas que não conhecem a VERDADE e mostrar o que está escrito na palavra de Deus, que só Jesus é o Caminho, a Verdade e Vida!
“E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?” (Atos 9:4)
Se faz necessário que todo aquele que não está em CRISTO, peça a Deus para Ouvir sua voz
“E ele disse: Quem és Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões” (Atos 9:5) Aqui Paulo reconhece o Senhorio de Cristo. Quando Jesus fala ao coração daquele que não o conhece, eu creio plenamente ser impossível não reconhecer a verdadeira voz de Deus! Quando Deus fala, algo muda, somos totalmente impactados, veja como Paulo ficou ao ouvir a voz de Deus!
“E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que eu faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer. E os homens, que iam com ele, pararam espantados, ouvindo a voz, mas não vendo ninguém. E Saulo levantou-se da terra, e, abrindo os olhos, não via a ninguém. E, guiando-o pela mão, o conduziram a Damasco” (Atos 9:6, 7 e 8). Amados até aqui aprendemos 3 coisas importantes para servir a Deus e andar em seus caminhos, que são: “Ouvir, reconhecer a voz do Pai e obedecer.” Caminhar com Cristo é uma tarefa em grupo, precisamos estar juntos, ser um corpo. Quando uma pessoa se converte é necessário que ela tenha a ajuda de uma ou mais pessoas para caminhar com força, desejo e firmeza de pensamento. Pode ser um pastor ou irmãos para ajudar esse recém convertido a crescer no conhecimento do evangelho. “Paulo esteve três dias sem ver, e não comeu nem bebeu,” (Atos9:9). Aqui vimos o jejum sendo representado, e jejuar é lutar contra os desejos da carne. Quando jejuamos somos fortalecidos, pois buscamos orar, ou seja, conversar com Deus. “E havia em Damasco um certo discípulo chamado Ananias; e disse-lhe o Senhor em visão: Ananias! E ele respondeu: Eis-me aqui, Senhor. E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e vai à rua chamada Direita, e pergunta em casa de Judas por um homem de Tarso chamado Saulo; pois eis que ele está orando; e numa visão ele viu que entrava um homem chamado Ananias, e punha sobre ele a mão, para que tornasse a ver. E respondeu Ananias: Senhor, a muitos ouvi acerca deste homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; e aqui tem poder dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome” (Atos 9:10, 11, 12, 13 e 14). Vimos que por um determinado momento, em outras palavras Ananias não creu ser possível Saulo ter-se convertido e sofrer uma mudança radical em relação ao velho homem. O mesmo acontece hoje em várias situações. “Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel. E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome. E Ananias foi, e entrou na casa e, impondo-lhe as mãos, disse: Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, me enviou, para que tornes a ver e sejas cheio do Espírito Santo. E logo lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e recuperou a vista; e, levantando-se, foi batizado” (Atos 9:15, 16, 17 e 18). Quando nos convertemos de fato, de coração e somos batizados, nossos olhos espirituais se abrem e passamos a reconhecer Jesus Cristo como criador e nossa vida começa a mudar em todos os aspectos. Mais é necessário ouvir, obedecer, reconhecer a voz de Deus, orar, jejuar, aprender a palavra de Deus e buscar se especializar no conhecimento de Deus. Dessa forma uma vez aprovado com certeza você será enviado para ganhar vidas para Cristo.
Lembre-se de falar de Cristo desde o momento que conhece-lo, se não sabe como faze-lo, vai uma dica; testemunhe sua conversão, com certeza será um grande e vitorioso inicio.
Nós que estamos em Cristo precisamos cumprir nossa parte pregando a palavra de Deus. Paulo diz em Romanos 10:13,14,15 “PORQUE TODO AQUELE QUE INVOCAR O NOME DO SENHOR SERÁ SALVO. COMO POIS INVOCARÃO AQUELE EM QUE NÃO CRERAM? E COMO CRERÃO NAQUELE DE QUEM NÃO OUVIRAM? E COMO OUVIRÃO, SE NÃO HÁ QUEM PREGUE? E COMO PREGARÃO, SE NÃO FOREM ENVIADOS? COMO ESTÁ ESCRITO: QUÃO FORMOSOS OS PÉS DOS QUE ANUNCIAM O EVANGELHO DA PAZ; DOS QUE TRAZEM BOAS NOVAS. (BOAS NOVAS É A PALAVRA DE DEUS A SALVAÇÃO EM CRISTO) Com amor da parte de Deus e Cristo Jesus, Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

terça-feira, 25 de setembro de 2012

TRECHOS DO LIVRO "O PÚLPITO NÃO É O FIM"

PÚLPITO E PREGADORES Hoje nos deparamos com muitas pessoas, que buscam realmente estar no púlpito, para exercer exatamente o que diz o dicionário, muitos sonham em um dia estar lá para de uma forma humana, após passar horas preparando um grande discurso. Conseguir persuadir de alguma forma algumas pessoas, lidando muitas vezes mais com o emocional momentâneo daquele que está como ouvinte, seja através da pregação, do louvor, da oração, da voz alta, dos gritos, dos saltos, ou de outras formas de manifestações. É bem verdade e quero deixar claro, que em nenhuma destas manifestações de culto ao Senhor, é vista como errada por mim, pelo contrário, quando manifestado em espírito e em verdade, o culto ao Senhor Jesus Cristo é, e deveria ser o alvo principal de todos os que o seguem principalmente os que nem sequer o conhecem; mas infelizmente o que vimos, hoje em dia, em muitas igrejas, são na verdade o inverso, são algumas pessoas despreparadas assumindo cargos em igrejas e subindo de qualquer forma ao púlpito, muitas vezes por ser membro a muitos anos na igreja, e quando não ocorre de pessoas serem ungidas como pastor, diácono, presbítero, obreiro por estarem mais próximo da liderança da igreja. Ainda há aqueles, que mal chegam na igreja, mas por terem uma posição seja social ou econômica mais elevada, passam em pouco tempo a ocupar lugar de destaque, o que nos deixa perplexos é saber que as pessoas que lá estão, pensam que ninguém esta vendo isso acontecer. Para perceber quando isso acontece, basta ver o fruto daqueles que sobem ao Púlpito, e enxergar de quem esta pessoa que lá subiu é fruto. Será fruto de alguma pessoa, ou fruto do Espírito Santo? Será, que temos ouvido muitos comentários direcionados ao poder do Senhor Jesus Cristo, que se manifesta naqueles que lá sobem, ou o que vemos é uma glória dedicada mais aquele que foi usado e quase nada ao responsável pela unção derramada? Há pessoas que chegam ao extremo da imitação humana, não sei se, para agradar a pessoa a quem se espelhou, ou porque realmente se trata de uma pessoa tão vazia interiormente ou espiritualmente, que crê ser este o melhor caminho para se manter no topo final da sua carreira chamada “púlpito”. O que posso falar a respeito de tudo isso: é que o apóstolo Paulo, quando separou Timóteo para segui-lo, ensiná-lo e enviá-lo para pregar a palavra de Deus, ele jamais se preocupou em fazer com que as pessoas ao seu redor ou até mesmo de seu próprio meio cristão vissem em Timóteo um segundo apóstolo Paulo, ao ponto de se ouvir comentários tais como os que se ouvem hoje: “olha como ele se parece com o pastor”, “fala igualzinho”, “veja como ele fala igual ao missionário”. Queridos irmãos, o próprio apóstolo Paulo diz: II Timóteo 4:01 a 05 “Conjuro-te, pois diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino; prega a palavra, insta o tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda a longanimidade e ensino. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo coceira nos ouvidos, cercar-se-ão de mestres, segundo as suas próprias cobiças; e se recusarão a dar ouvidos a verdade, voltando as fábulas. Tu porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faz a obra de um evangelista, cumpre bem o teu ministério”, e quando ele diz em 1 Coríntios 4:16 e 11:1 “ sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, Paulo se refere a forma de se apresentar como servo, pregador, evangelista, buscando assim como ele o caráter de Cristo e não a personalidade pessoal de Paulo. Podemos entender que a maior preocupação do apóstolo era que Timóteo servisse a Deus de forma transparente, verdadeira, imitando a Jesus Cristo, e em nenhum momento Paulo pede para que Timóteo o imite, ou seja, como ele. É bom frisar bem isso, para que você jamais tenha como objetivo ao subir no púlpito, ser igual ou parecido com ninguém, Jesus te criou diferente de qualquer outra pessoa, todos temos personalidades diferentes que serão moldadas através do caráter de Cristo em nós e não o caráter de outra pessoa. Quando Jesus passa a habitar em nós, passamos a ter um novo comportamento, lembre-se também que o Senhor nos deu dons próprios e pessoais, e a cada um de nós na medida em que o próprio Deus crer ser perfeita conforme a sua graça por intermédio de Cristo Jesus. Amados irmãos, quando o Senhor revelou-me esta preocupação em relação ao púlpito, pude sentir dentro de mim, o amargo que é servir a Deus apenas de forma conveniente a si mesmo; e para que você entenda o que quero dizer, serei mais claro: é tão fácil servir ao Senhor Jesus apenas de cima de um púlpito, porque quem está lá em cima por estar, nem sempre se preocupa em falar o que o Espírito Santo deseja e sim ensinar de maneira mais pessoal a palavra de Deus que é a Bíblia Sagrada. Muitas vezes não vimos a preocupação de muitos pregadores em deixar claro... Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

domingo, 9 de setembro de 2012

VOCÊ REMANESCENTE DO PAI, DIGA SIM!

Teria o Profeta Isaías imaginado que o Senhor lhe faria essa pergunta no meio do Templo? Disse o Senhor: "Então ouvi a voz do Senhor, conclamando - Quem enviarei? Quem irá por Nós?" (Isaías 6:82).
Vejo que nos dias atuais, temos experimentado quase a mesma experiência que o Profeta Isaías viveu naquele momento. A pergunta é: Deus deseja realmente nos usar? Se pensarmos bem, Deus possui uma legião de anjos. Os nossos muitos defeitos e imperfeições humanas certamente constituem obstáculos para pregação do Evangelho. Mas quando o Senhor Deus faz essa pergunta a Isaías, devemos analisar e considerar, refletir e traze-la para os dias de hoje. A história da vocação do Profeta Isaías, nos leva a analisar dentro do contexto geral da palavra de Deus e assim chegaremos a conclusão que a resposta para pergunta do Senhor é sim. Amado o Senhor continua querendo usar todos do seu Reino, os convertidos a Cristo para estabelecer o seu novo Céu e a sua nova Terra. O Pai tem à Sua disposição um número incontável de pessoas cheias do espírito, desejosos de viver para o seu reino, para servir aos propósitos Dele. Porém as imperfeições humanas muitas vezes causam obstáculos as pessoas que querem seguir a Cristo. Hoje, como no tempo do Profeta Isaías, Deus continua vocacionando homens e mulheres para pregar as "boas novas" aos que se encontram perdidos. Não é para entender: é para responder. "Quem irá por Nós?". No livro do Profeta Jeremias capitulo 23:1-4, Deus menciona os acontecimentos da época que hoje estão cada vez mais explícitos, assim está escrito: “Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR. Portanto assim diz o SENHOR Deus de Israel, contra os pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não as visitastes; eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o SENHOR. E eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos; e frutificarão, e se multiplicarão. E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o SENHOR.” Muitas pessoas estão sendo dispersas por falta de atenção por parte de pastores, não são visitadas, não são cuidadas e sequer ensinadas, vivem de pregações diferenciadas, e assim nem sequer aprendem o que Jesus mais determinou a seus discípulos, Ide e pregai o evangelho...ou seja as boas novas, o Novo Testamento! Hoje o que temos visto é que não se aprende verdadeiramente nem sequer os 4 evangelhos, nem sequer se lê capítulo a capitulo, para se ter conhecimento de quem é Jesus. O livro de Atos dos Apóstolos e as Cartas de Paulo, Tiago, Pedro, João e Judas então nem sequer tem sido lida nas escolas dominicais. Amados é preciso conhecer o Novo Testamento, o nome já diz é o Novo, é Cristo Jesus, é a palavra revelada pelo filho de Deus, é o que os discípulos faziam pregavam Jesus; porem se ouve muito falar do Velho Testamento, de exemplos de vida, de vitórias, de palavras que mais parece uma mensagem de auto ajuda, quando na verdade a salvação tem sido esquecida, precisamos falar do porvir, levar as pessoas a refletirem sobre arrependimento e decisão com relação a estar em Cristo, é preciso falar de pecado, de vaidade, de fraqueza, dos desejos da alma que corroem muito o homem, isso não se ouve. Deus pergunta: Quem enviarei? Quem vai por nós? Você que está em Cristo, que estuda a sua palavra, que conhece a vida de Jesus, seus ensinamentos, que sabe o que Ele fez, e crê que ainda hoje Jesus é o mesmo, precisa ler o Novo Testamento, meditar nele, buscar por meio do Espírito Santo ter discernimento para falar, não com suas próprias palavras, mais conforme Jesus lhe instruir a falar. O apóstolo Paulo diz a Timóteo “Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Por que virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faz a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. (2 Timóteo 4:1-5)”, Paulo está dizendo a todos, faça o que Jesus mandou, pregue, insista, responda, repreenda, convença, encoraje, com bondade e paciência. Assim como Paulo precaveu, hoje vivemos o tempo em que as pessoas não suportam a sã doutrina, vimos muitas pessoas buscando doutores(pastores, líderes) que aceitem sua maneira de viver, que não interfiram em suas próprias regras, que não estejam preocupados com suas vidas de forma mais direta, e assim se desviam da verdade, do evangelho genuíno que Jesus nos deixou. Amado se você faz parte do grupo que não tem aprendido sobre o Novo Testamento, sobre os ensinamentos que Cristo deixou, pare para refletir, Jesus está voltando, o Espírito Santo deseja que você creia, seja batizado e conheça a palavra e pregue o evangelho da paz, que traz a salvação. Jesus não está preocupado em te julgar, em descriminar a sua forma de viver ou agir, primeiro Ele quer ter um encontro transformador com você, isso a religião não te dará, pelo simples fato que religião ou denominação alguma é capaz de perdoar verdadeiramente, e o mais importante, não há homem capaz de trazer salvação a sua vida, só Jesus é o caminho para vida eterna, Ele te ama, quer seu nome escrito no livro da vida. Não permita que a religião, que as denominações determinem os caminhos para salvação, lembre-se o que o apóstolo Pedro disse antes de pregar e batizar Cornélio e os demais “E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; (Atos 10:34), amado Jesus não vê diferença entre as pessoas, entre suas classes sociais, sua vida atual, ou forma como você se conduz, Ele é o mesmo Deus amoroso para todos, mais muito são aqueles líderes que tem julgado pela aparência aqueles que chegam até eles, mais creia que quando você se apresenta na presença de Cristo em oração, com seu coração amargurado, sofrido, angustiado, desejando ser recebido como está, saiba que o Espírito Santo é o único consolador capaz de dar refrigério a sua alma e paz ao seu coração. Portanto olhe para o sacrifício feito na cruz por Jesus, reflita, busque entender que o que o Filho de deus fez por você é imutável, irreversível, é fato, fui uma ação absoluta a seu favor, então meu irmão, creia busque a Deus, fale dos seus defeitos, dos seus erros contínuos e peça direção para que Deus te encaminhe a um pastor que seja separado por Ele, como está escrito pelo profeta Jeremias 23:4 “E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o SENHOR.” Há muitos pastores sobre a terra já separados, e outros que estão sendo separados para verdadeiramente exercer o seu chamado de apascentadores, restauradores e ensinadores das Boas Novas, que guiaram os remanescentes, os sedento de ouvir e viver a palavra genuína de Jesus Cristo, e esses serão formados para responderem com um grande, corajoso e vitorioso SIM a essa pergunta que o Pai nos faz diariamente: Quem enviarei? Quem irá por Nós?" (Isaías 6:82). Seja um dos que com total confiança no poder de Deus e temor ao criador dirá: Eis-me aqui Senhor, usa-me! Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, Pregador Maurio Maciel – COMUNIDADE PROFÉTICA MINISTÉRIO VIDA DE BRASÍLIA. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

NO MOMENTO DA ANGÚSTIA CLAME A DEUS!

"E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás."(Salmo 50:15). Às vezes nos deparamos com dias angustiosos, que nos deixam tristes sem sabermos realmente o porquê não é mesmo? E ai ficamos pensando o que terá nos levado a essa situação, a essas sensações que nos deixam abalados por coisa alguma. Nesse momento nos falta o desejo de orar, de nos entregarmos a uma consagração plena e intensa para com nosso Deus, pois com certeza se o buscarmos Ele nos dará uma resposta, e muito além que uma resposta, quando o buscamos, Deus nos leva a uma reflexão racional, onde coloca nossos pensamentos em seus devidos lugares. Não há experiência maior e mais profunda para quem o conhece, que estar a sós com o Pai em uma conversa franca, sem mascaras, sem pinturas, ou desculpas equivocadas não é? Jesus nos ensina que ao orarmos façamos da seguinte forma: Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. (Mateus 6:6), Jesus está nos afirmando que o Pai está em secreto e vê em secreto quando nos dirigimos a Ele, amados precisamos tratar de nossas dúvidas, angustias, projetos, deve ser um momento único, um momento onde temos que crer que o Deus absoluto nos ouve, nos vê e nos responde sim, independente do que os outros digam, creia apenas no Pai e no seu Filho Jesus. Entre em oração, alcance o altar e ore, clame, suplique, com ações de graças diga tudo, exponha seus desejos, medos, preocupações que te perturbam, fale dos impossíveis que estão a sua frente, desabafe, Ele é o seu Pai, e Jesus está sentado ao seu lado pronto a interceder por você, e lembre-se que o Espírito Santo clama a teu favor a todo momento com gemidos inexprimíveis por amor a ti. Derrama-se na presença daquele que é o único capaz de te dar uma direção, nada mais é que o passo mais inteligente da sua parte, creia que Deus está pronto a te ouvir, e responder a cada uma das tuas perguntas, e Ele saberá mostrar a você a tua salvação, não há nada que Deus em Cristo não possa resolver, não há nenhuma situação que Ele não possa mudar, por isso, tome o primeiro passo, vá, entre em seu quarto, ore, chore, suplique, e com ações de graças creia que Ele vai responder cada uma das tuas perguntas e te abençoará publicamente, é promessa. Medite nessa passagem da carta do Apóstolo Paulo a igreja em Roma: "Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos. E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos. E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou. Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:24-39" Lembre-se: Nada e ninguém poderá te afastar do amor de Deus por você que está em Cristo Jesus nosso Senhor! Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

quinta-feira, 26 de julho de 2012

IDE E PREGAI, DEUS PREPARA TEU CAMINHO...

Atos dos Apóstolos 18:10 - "Porque eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade." Após Paulo ter pregado em Atenas, foi para Corinto, e testemunhou a milhares de pessoas por mais de um ano. Muitas foram as oposições sofridas dos judeus da sinagoga, mas permaneceu pregando, baseado na promessa recebida do Senhor: "Estou com você e ninguém vai-lhe fazer mal ou feri-lo, porque tenho muita gente nesta cidade." (Atos 18:10). Deus teve uma forte razão para levar ao seu servo Paulo uma mensagem tão confortadora. Todos nós, como aconteceu Paulo, temos nossos momentos de cansaço ou de desânimo. E, não raramente, cremos que nossas forças se foram e o nosso trabalho perdeu seu significado, nos deixando sem ação. Ao dizer a Paulo "tenho muita gente nesta cidade" o Senhor pode ter tido pelo menos duas intenções. Uma como se disse-se: "Eu, o Senhor, sou quem prepara intercessores pelo seu trabalho, numero esse, que você sequer imagina". A segunda: "Eu, o Senhor, ainda tenho muitas pessoas a serem alcançadas pelo evangelho da paz, as boas novas, muitos precisam ouvir sua pregação”. De qualquer maneira, obviamente o Senhor quer nos dizer até os dias de hoje e a sua volta o seguinte: “Sou Eu que cuida do processo do Reino, sou Eu, o Senhor do Reino, o Todo-poderoso que te capacita". Lembre-se que é importante, saber qual seu papel no Reino do Pai, quando estiver cansado, ou em dúvida, é sempre bom lembrar-se o que diz a palavra, "tenho muita gente nesta cidade". Jesus te cerca de pessoas que estão sempre orando a seu favor, pelo propósito do seu trabalho como aquele que leva as boas novas. Você como mensageiro de Deus, deve estar constantemente aos pés daquele que pode dar condição de enfrentar todos obstáculos para alcançar vidas. Muitos são os que desejam lançar mãos daqueles que conhecem a palavra viva e eficaz, muitos são os que não aceitam em seus corações ver pessoas que independente de raça, cor, nível social, econômico, e até grau de ensino conseguem ganhar vidas para Jesus de forma tão fácil e tranquila. A unção que o Pai distribuiu sobre aqueles que escolheu, e chamou não é dom do homem, é dom do Pai e Ele confere a quem desejar. Você quer ser usado para ganhar vidas? Tenha um momento diário de leitura da palavra, consagre um tempo a Deus em oração, busque-o com todo desejo do seu coração e você o encontrará, pois Ele te ama, e Jesus está arrebanhando uma grande nação de Santos para seu reino, estes terão em suas bocas a marca do Pai, suas palavras serão como brasas vivas do altar. Você que serve ao Pai em Espírito e em Verdade pode ser um deles, vá avance para o que Deus te chamou, Ele é o teu Deus e você o seu servo. Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, pregador, Maurio Maciel. Dedico esse artigo ao Pr. Jamilson do Japão e todos aqueles membros a quem Deus o confiou. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

segunda-feira, 23 de julho de 2012

COMO JULGAREMOS O MUNDO E OS ANJOS?

PARA SUA REFLEXÃO... Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas? Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida? (1 Coríntios 6:2-3). Aqui o apóstolo Paulo nos dá uma referência de quem somos, e quem nos representa no mundo espiritual, a saber, Jesus Cristo. Somos parte do Reino do Pai, todos os que creem em seu filho como Senhor e Salvador de sua vida. Quando aceitamos Jesus passamos a fazer parte do corpo de Cristo sobre a terra, e se somos corpo e Jesus é o cabeça, iremos sim julgar o mundo e os anjos na pessoa de Cristo, pois todo poder fui dado a Ele. Há pessoas que creem que estarão diante de um tribunal assentados, e julgarão todas as coisas, não creio dessa forma; creio que Jesus o único com o poder de julgar fará todas as coisas e nós como corpo, faremos parte desse julgamento tendo Cristo como juiz eterno que representará todos os seus escolhidos, os quais concordam em todas as suas decisões. Os anjos que Paulo cita, são os que caíram juntamente com Lúcifer. O mundo jaz no maligno, isso é uma verdade, assim como Jesus já venceu o mundo, e está assentado a direita de Deus Pai. Disse Jesus no livro de João 16:33 “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” Jesus detém todo poder, a palavra de Deus diz em Apocalipse 3:7 “E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre”. Creia meu irmão que as portas que Jesus abre em sua vida ninguém poderá fechar, e as que Ele fechar, ninguém poderá abrir, pois só a Ele é dado o poder de possuir a chave. Profetizo que Jesus abrirá portas de solução na sua vida, e elas nunca mais se fecharão, e as portas que não te levam a santidade e a entrega plena ao teu Senhor, essas portas que de certa forma te fazem negligenciar na obediência a Deus, estas serão fechadas e ninguém as abrirá, tu serás livres a partir de hoje, creia que Deus é um que ama, ouve, e responde. Por isso faça ainda hoje como Jesus nos ensinou no livro de Mateus 6:6 “Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.” Faça isso ainda hoje meu irmão, conte tudo ao Pai, fale de seus desejos e ambições, dos teus problemas, de tuas aflições, das tuas dores, receios, medos, fale tudo, e tenha certeza que ainda hoje ao sair do seu quarto após orares, Deus te ouvirá e responderá. Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

sábado, 16 de junho de 2012

ARREPENDIMENTO É TAMBÉM MUDANÇA DE PENSAMENTOS




“Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado(enganado) pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Não erreis, meus amados irmãos. Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas. Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus. (Tiago 1:13-20)”

Nosso irmão Tiago inicia o capítulo 1 afirmando: “Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado”, e prossegue exortando a todos para terem cuidado com o desejo imoderado de satisfazer a sensualidade, uma vez que a sensualidade atrai o desejo, e de forma enganosa penetra os pensamentos, dando forma ao pecado, que sendo consumado gera a morte. Alguns devem se perguntar porque Deus permite então tais pensamentos? A resposta é simples, não é Deus que permite que você pense, crie, alimente, e execute o pecado. Na verdade o que leva as pessoas a terem tais pensamentos é a falta de Deus em sua vida. Quando se busca diariamente a proximidade com Deus, com Jesus e uma relação espiritual mais íntima com Espírito Santo, essas ameaças malignas que sobrevêm a nossa mente, são imediatamente combatidas pelo poder de Deus que em nós opera. Nossa mente apesar de tomar consciência do fato, imediatamente ela rejeita tal pensamento uma vez que há um Espírito que habita em nós. É preciso e necessário que tenhamos pensamentos de paz, e de bondade, pedindo ao Pai que nos revista do seu poder todos os dias, como está escrito:
“Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, “Efésios 3:20)”. Há dentro de cada um daqueles que amam a Deus em espírito e em verdade, e que seguem sua palavra; um desejo de adquirir mais conhecimento para que possa estar sempre firme nos dias maus. Paulo nos diz que: “me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome, Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. (Efésios 3:14-19)”. A plenitude de nossos pensamentos, atos e ações devem ser exercidos através do amor que Cristo gera em nossos corações. As tentações viram, e devemos estar preparados para toda cilada do maligno, pois ele sim, tenta todos aqueles que andam no caminho da verdade para que a vergonha se estenda no reino de Deus sobre a terra. Muitos tem caído nessas armadilhas, e muitos tem sido os escândalos, mais para glória de Deus e Cristo Jesus, eles se vão, a palavra permanece e o reino do Senhor cresce grandemente sobre a terra, e o Seu amor se expandi no coração de muitos. Com o pecado não se brinca, se combate, e Paulo nos ensina como lutarmos, e contra quem devemos lutar, basta seguir seus ensinos que estão na carta aos Efésios “No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. (Efésios 6:10-13)”. Para isso peço que leia atentamente quais são as suas armas para vencer o maligno, embora muitos já leram a respeito, e alguns até já decoraram esses versículos, medite refletindo o porquê que apesar de sabermos tanto sobre as armas espirituais, não usamos como devíamos? As armas são: “Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida couraça da justiça; E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, (Efésios 6:14-18)”.
Ao passo que cinjo meus lombos com a verdade, visto a couraça da justiça, calço os pés com a preparação do Evangelho de Cristo, tomo o escudo da fé, o capacete da salvação, a espada do Espírito, que é a palavra de Deus, e oro em todo tempo, com oração e súplica no Espírito, e vigio, e persevero, e suplico por todos os santos, todos os que pertencem ao Reino de Deus sobre a terra, consigo com total confiança vencer o maligno, e seus projetos contra minha vida são cancelados. Muitas são as guerras geradas em nossa mente, elas vem para atingir nossa alma, destruindo nossas emoções e nos levando a um caos total como ser humano, porém João nos afirma “Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. (1 João 4:4)”, nossa mente deve ser renovada todos os dias como diz o apóstolo Paulo aos Romanos “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:2)”, maus pensamentos nos tornam más pessoas, bons pensamentos nos tornam pessoas melhores. Fomos gerados pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas, que maravilhosa afirmação meu irmão, essa é a vontade de Deus para nós, os escolhidos para seu reino e chamados para pregar esse evangelho genuíno de Cristo. Sejamos todos prontos a ouvir, tardio para falar e tardio para se irar, sabendo que a ira do homem não opera a justiça de Deus. Quando teus pensamentos estiverem sendo formados, peça para que o Espírito de Deus direcione cada um deles para o bem, e que todos eles,sejam para glória do Pai e Cristo Jesus. Que o conselho de Paulo penetre nosso coração e faça morada para sempre, ele diz: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. (Filipenses 4:8)”.
Dedico este artigo ao meu irmão Pr. Paulo Fabrício, que a graça do Pai reine sobre sua vida e seu ministério, Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

domingo, 10 de junho de 2012

O PRECIOSO SEGREDO DA ORAÇÃO DA FÉ


Ao que Jesus lhes disse: Tende fé em Deus; porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele. Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco. Marcos 11:22-24.

Muitas vezes ao orar, somos como um garotinho que toca a campainha de uma porta, e depois sai correndo antes que alguém atenda. De uma coisa não há duvida: a área mais inexplorada das riquezas de Deus é a da oração. Quem sabe calcular a dimensão do poder de Deus? O homem é capaz de calcular o peso do mundo; sabe dizer o tamanho da cidade em que vive, sabe medir a velocidade da luz, sabe informar a hora exata do nascer e do pôr-do-sol, mas não sabe avaliar o poder da oração. A oração é do tamanho de Deus, pois é Ele quem nos dá a garantia dela. Ela tem as dimensões do poder de Deus, pois Ele garante que a atenderá. 1 João 5:15 E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito.

Irmãos, diante de todas nossas orações, temos de descobrir e saber qual é a vontade de Deus. Crer é o exercício de uma alma rendida e entregue à influencia da Palavra e do Espírito. Uma vez que cremos, nada nos será impossível. Andrew Murray diz que: "A fé está muito longe de ser uma simples convicção da verdade da Palavra de Deus ou uma conclusão a partir de certas promessas. É o ouvido que ouviu Deus dizer o que Ele fará e o olho que O viu fazendo isso". Portanto, onde há verdadeira fé é impossível que a resposta não venha. Quando cremos em nossa co-crucificação com o Senhor Jesus, a nossa vida é de jubilosa adoração a um Deus cujas mãos sempre asseguram o cumprimento do que Sua boca falou. Que nesse espírito ouçamos a promessa que Jesus dá, pois cada parte dela tem uma mensagem divina. Foi o próprio Cristo que disse: Ao que lhe respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê. Marcos 9:23.

É em oração que nos tornamos conscientes da nossa falta de fé. Por outro lado, é em oração que Jesus ensina e inspira fé. Aquele que espera para orar, ou perde o ânimo de orar porque ainda desconhece que não tem fé suficiente para obter uma resposta, nunca aprenderá a crer. Aquele que começa a orar e a pedir descobrirá que o Espírito de fé certamente só é encontrado aos pés do trono. Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes. Jeremias 33:3.

Andrew Murray nos mostra que: "Quando, se no interesse maior da obra do Mestre ou nas preocupações pequenas de nossa vida diária, a alma é levada a ver que nada honra mais o Pai do que a fé que tem certeza de que Ele fará o que disse ao nos dar tudo que pedirmos e se firma na promessa demonstrada pelo Espírito, tal fé pode ter certeza de que receberá exatamente o que pediu". Note como claramente o Senhor afirma isso em Marcos 11:23b. ... se alguém... não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele.

Agora precisamos fazer uma importante pergunta: Como adquirir a fé que sabe que recebe tudo que pede? A resposta é muito simples: tenha fé na promessa de resposta à oração. O poder para crer numa promessa depende inteiramente, para não dizer somente, da fé naquele que faz a promessa. Andrew Murray acentua que: "A confiança na Pessoa gera confiança em Sua Palavra. É apenas quando vivemos unidos com Deus em comunhão pessoal e amorosa, quando o próprio Deus é tudo para nós, quando todo nosso ser está constantemente aberto e exposto para Sua poderosa influencia, quando Sua presença santa é revelada, que será desenvolvida a capacidade para crer que Ele dá tudo que pedimos". Quando colocamos a nossa pequena fé no Deus grande, nada será impossível para Ele realizar. Ó SENHOR, meu Deus, com o teu grande poder e com a tua força, fizeste o céu e a terra. Nada é impossível para ti. Jeremias 32:17 (LH).

Precisamos entender que a ligação entre fé em Deus e fé em Sua promessa se tornará clara para nós se considerarmos o que a fé realmente é. São sempre comparados com a mão ou a boca, os membros que usamos para pegar e nos apropriarmos do que nos é dado. Mas é importante que entendamos que fé também é o ouvido pelo qual ouvimos o que nos é prometido, e o olho pelo qual vemos o que nos é oferecido. É disso que depende o poder para receber. Tenho de ouvir a pessoa que me dá a promessa. O próprio tom de voz me dá a promessa. O tom de sua voz me dá coragem para crer. Eu tenho de vê-lo. Na luz de seu semblante todos os temores sobre meu direito de receber são dissipados. O valor da promessa depende daquele que faz a promessa. É pelo conhecimento de quem é Ele que a fé na promessa se baseia. É por essa razão que precisamos da iluminação do Espírito Santo em nosso interior para contemplarmos Aquele que é nossa vida. Visto que o que nós vemos vive em nós, então pela fé Deus vive e habita em nós. A obra da cruz nos proporciona este fato. Primeiro temos a promessa: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada. João 14:23b. Depois temos a realidade: Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? 1 Coríntios 3:16.

Somente a voz secreta do Espírito de Deus pode nos ensinar, como ensinou Jesus, o que dizer e o que fazer. Um ouvido aberto para Deus, isto é, um coração que crê esperando nEle para ouvir o que Ele diz, ouvirá Sua voz. As palavras de Deus não serão somente as palavras de um Livro, mas, vida e poder. Elas produzirão obras e experiências de vida, não apenas meras ideias. Através do ouvido aberto a alma permanece sob a influência da vida e poder do próprio Deus. Assim como as palavras que ouço penetram a mente, habitam e trabalham lá, pela fé Deus penetra no coração, permanece e trabalha nele. Quando a fé estiver sendo plenamente utilizada como olho e ouvido, como as faculdades da alma pelas quais vemos e ouvimos Deus, então será possível exercitar seu pleno poder como mão e boca, e assim nos apropriarmos de Deus e Suas bênçãos. Lembre-se, primeiramente precisamos ouvir a Sua Palavra e obedecê-la. Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranqüilo e sem temor do mal. Provérbios 1:33.

As Escrituras Sagradas nos garante que a "fé vem pelo ouvir a pregação de Cristo". Portanto, a fé é simplesmente uma entrega, ou seja, eu me rendo às impressões que as informações que ouço provocam em mim. Pela fé eu me rendo ao Deus vivo e a Sua Palavra. Sua glória e amor enchem meu coração e têm o domínio de minha vida. Fé é comunhão: eu me entrego à influência do amigo que faz uma promessa e me uno a ele por meio disso. É quando entramos nessa comunhão viva com o próprio Deus, por meio de uma fé que sempre O vê e O ouve, que se torna fácil e natural crer em Sua promessa sobre oração. Fé na promessa é o fruto de fé naquele que promete: a oração da fé tem sua raiz na vida de fé. E dessa forma a fé que ora com eficácia é de fato uma dádiva de Deus. Todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Hebreus 10:38.

Fé é dádiva divina, não foi produzida pela vontade humana, e é por isso que "sem fé é impossível agradar a Deus". Irmãos, certamente, para aquele que conhece bem seu Pai celestial e vive em comunhão íntima e constante com Ele, é simples crer na promessa de que Ele fará a vontade do filho que vive em união com Ele. É porque muitos filhos de Deus não entendem essa ligação entre a vida de fé e a oração de fé que sua experiência de poder na oração é tão limitada. Tem muita gente que é débil na fé. A cura de uma fé débil se acha somente no fortalecimento de toda nossa vida espiritual por meio de comunhão com Deus. Aprenda a crer em Cristo, a permanecer nEle e a deixar que Deus tome posse de sua vida, e tornar-se-à fácil se apegar à promessa. Quem conhece e confia em Deus descobre também que é fácil confiar na promessa. Para quem é a promessa? Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar. Atos 2:39.

Querida igreja, precisamos ver o Pai assim como Ele é: O Deus de amor. Veja-o como o Deus de amor, cujo deleite é nos abençoar e transmitir-nos Seu próprio ser. Em tal adoração de fé em Deus o poder para crer na promessa também será enviado rapidamente. Quando cremos em nossa morte e ressurreição com Cristo, o próprio Deus vem habitar em nós, ou seja, apropriamos do próprio Deus e também de Suas promessas. Que lição preciosa o Senhor Jesus tem para nos ensinar hoje. Nós buscamos as dádivas de Deus , Deus quer dar-Se a nós primeiro. Pensamos na oração como o poder de trazer até nós boas dádivas do céu: Jesus vem como o meio de nos levar a Deus. Isso é maravilhoso demais para o nosso coração! Cristo veio e morreu para nos conduzir ao Pai. 1 Pedro 3:18a. Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus. Um coração cheio de Deus tem poder para fazer a oração da fé. A fé em Deus gera fé na promessa, incluindo a promessa de resposta a oração. Portanto, filho e filha de Deus, gaste tempo, gaste tempo para prostrar-se diante dEle, para esperar nEle para revelar-Se a Si mesmo. Separe tempo, e que sua alma, em santa adoração, exercite e expresse fé no Deus infinito, e enquanto Ele transmite a Si mesmo e toma posse de você, a oração da fé coroará sua fé em Deus. Amém. Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, Projeto Benção e Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

CIENTISTAS DIZEM QUE JESUS FOI CRUCIFICADO A 3 DE ABRIL DE 33

Cientistas dizem que Jesus foi crucificado a 3 de Abril de 33 Um estudo conduzido pela International Geology Review concluiu que Jesus Cristo foi crucificado a 3 de Abril do ano 33. Tamanha certeza deve-se ao fato de ter ocorrido nesse dia um terremoto no Mar Morto, a cerca de 20 quilômetros de Jerusalém, que é mencionado na Bíblia. Apoiados na descrição do terremoto presente no Evangelho segundo Mateus, cientistas analisaram amostras de solo na praia de Ein Gedi Spa, junto ao Mar Morto, detectando vestígios de dois abalos de terra. Um dos cientistas disse ao Discovery Channel que é sabido que um dos grandes terremotos na região ocorreu quando Pôncio Pilatos era o governador da Judeia. A partir daí o quebra-cabeça começou a compor-se e foi estabelecido que 3 de Abril é a data mais provável. Esta descoberta científica provou que o relato bíblico de Mateus está correto (Mt 27.46 – 54; Mt 28). Baseados nesta descoberta podemos traçar a seguinte linha de pensamento: “A mesma fonte que fala do terremoto fala do que aconteceu antes e depois do terremoto”. Ora, se podemos acreditar que ouve o terremoto registrado em Mateus, então podemos acreditar também no que esta fonte diz sobre Jesus. E o que ela diz? Diz que Jesus curou, ressuscitou mortos, morreu, mas também ressuscitou no terceiro dia após a sua morte”. Quem não acredita em Jesus, assim faz não porque não tenha prova da existência de Jesus, mas porque decidiu ser incrédulo mesmo. Em suma, se Jesus morreu, é porque ele esteve viveu se esteve vivo, ele existiu, portanto ele não é uma lenda e sim um fato uma história real. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

sábado, 9 de junho de 2012

A PORTA ESTÁ ABERTA


(Colossenses 4:2 a 4) “Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; Orando também juntamente por nós, para que Deus nos “abra a porta da palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo”, pelo qual estou também preso; Para que o manifeste, como me convém falar.


Não podemos abandonar nossos irmãos nas orações, vamos passar por coisas boas e ruins, veremos irmãos caírem e se levantarem, e irmãos caindo e levando muito tempo para se levantar, veremos coisas sobrenaturais, e veremos coisas naturais acontecerem. Precisamos saber as dificuldades daqueles por quem oramos. Devemos orar diariamente. Precisamos querer ser mais do que já somos em Cristo, perseverar, crer que somos cheios da graça do Pai, jejuar, ler, refletir, até sentirmos paz, e nos sentirmos mais forte é a meta para crescimento. Ter a palavra certa para aqueles que Deus nos envia é algo precioso, só com conhecimento e intimidade com o Pai isso é possível. A oração é eficaz em tudo. Paulo estava em uma prisão domiciliar, escrevendo a pessoas que ele não conhecia pessoalmente, pedindo para que orassem para que Deus abrisse uma porta para que a palavra fosse pregada e aceita, ele tinha convicção que mesmo aguardando o seu julgamento, poderia levar as boas novas e fazer discípulos. Ele não conheceu os irmãos em colossos, mais tinha pelos irmãos um amor incondicional como Deus tem por nós, esse amor Paulo adquiriu da parte de Cristo, por meio do Espírito Santo. Paulo nos incentiva a buscar sabedoria, força e discernimento espiritual. Nos fala sobre a obra doutrinária de Jesus, levando-nos a uma reflexão sobre a pessoa de Jesus, como imagem de Deus e primogênito de toda criação, como criador e cabeça do corpo da igreja. A morte de Cristo é ressaltada como necessária para que houve-se a possibilidade de estarmos na presença do Pai. Aprendemos com Paulo a ter a certeza de que nosso destino é o Céu e nossos pensamentos devem ser preenchidos com as coisas celestiais. Precisamos nos alimentar do sobrenatural, do poder que se encontra ao nosso dispor hoje, Jesus nos deixou um legado de autoridade, e essa herança se estende a todos que o aceitam como Senhor e Salvador. O que dificulta o exercício desse legado é a dúvida, a falta de credibilidade nas palavras de Cristo, não buscamos com veracidade fazer uso dessa arma estratégica e poderosa que se encontra a nossa disposição a partir do momento que se crê possuir essa autorização dada por Cristo.
Amado o que falar quando houver a oportunidade? O que dizer sobre os mistérios de Cristo?
Não basta Deus abrir a porta para que se pregue, você precisa estar pronto, cheio da sua palavra para levar as boas novas como convém a santos. Nosso contato com Deus deve ser diário, independente da situação ou circunstâncias que estamos passando. Só em Cristo podemos viver uma vida cristã, pois somente Ele nos capacita para entendermos a diferença dos mistérios espirituais que provém do Pai.
Que tenhamos durante o ano de 2012 em nossos corações o objetivo de sermos como a igreja de Colossos, uma igreja que se preparou para batalha do primeiro século, e fez parte integrante e fundamental para que fizéssemos parte dessa jornada, e hoje temos conhecimento da verdade.
Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus irmão Maurio Maciel.
Dedico essa curta, porém relevante reflexão ao meu irmão e amigo
Pr. Jorge da Igreja Batista em Joinville, um homem que tem a marca do Pai. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

segunda-feira, 26 de março de 2012

É PRECISO RETIRAR A CAPA




“Depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando. E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. (Marcos 10:46-47)”

Em Marcos 10.46 mostra a vida de Bartimeu, um cego que sonhava chegar diante do Senhor Jesus e ter a visão restaurada. Com certeza ele conhecia a palavra de Deus, conhecia o velho testamento, sabia que Isaías havia comentado sobre a vinda de Jesus, e que o Messias seria O seu milagre, o Novo Testamento, porque Jesus passaria perto dele. Com isso logo creu na oportunidade de estar próximo de Jesus e ser curado, então se pôs a clamar da seguinte forma: "Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim!". Percebemos que, neste clamor, não havia palavras de cobrança, e nem de revolta. Tem gente que chega para Deus com palavras que O colocam contra a parede, e esse clamor é ineficaz. Primeiramente devemos entender que Deus não deve nada para ninguém. Consequentemente, não somos merecedores de receber nada d'Ele. Em segundo lugar, saiba que vivemos pela graça do Senhor, o que significa um favor imerecido. Pelo sangue de Cristo derramado, temos acesso a Deus mas não somos merecedores de algum benefício. Por isso, temos que chegar diante do Senhor com o coração limpo e implorando pelo milagre. E foi exatamente isso que Bartimeu fez. No entanto como está no versículo 48, havia um grande impedimento do clamor desse homem, porque a multidão que se achava pedia que ele se calasse. (Esses eram os que desanimavam os seguidores de Jesus, e o pior e que eram pessoas que O conheciam). Quando diziam que era para ele se calar, eles atrapalhavam Bartimeu de APROVEITAR SUA ÚNICA OPORTUNIDADE. Eles estavam tentando impedi-lo de ser abençoado. Ele não desistiu do se objetivo, porque ele clamava, mais alto. Irmão(ã), ignore as barreiras. Existem pessoas que logo no primeiro empecilho que encontra pela frente já desiste, ou dão ouvidos aos destruidores da fé, e geralmente conhecem a Jesus. Aprenda a não desistir. Não olhe para a dificuldade, mas olhe para o alto e intensifique o seu clamor.

"Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram, então, o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama", ” E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus. Marcos 10:50” (Marcos 10:49,50).” A capa que ele usava representava muita coisa, era sua segurança, proteção contra chuva, contra o frio, representava sua vida de miséria, e ele através do seu ato de fé ao lançar fora sua capa estava deixando tudo isso pra trás. Naquele momento era tudo ou nada, a capa ligava Bartimeu aquela vida sem perspectiva, isolada, medíocre, e ele queria abandonar toda sua ligação com o passado. Para alguns a capa pode representar tudo que nos liga ao mundo. Você não pode ter a capa e Jesus ao mesmo tempo, precisa tomar uma decisão a quem seguir. Tomar a decisão de abandonar tudo aquilo que te custa, que te prende a uma vida mundana, não é fácil, mais é possível. Ter uma vida de cegueira espiritual, uma vida de favores, sendo escravo do mundo não é opção para quem já ouviu falar de Jesus. Ele tinha que tirar a capa, porque era o que o impedia de ficar mais próximo de Deus. Todos nós temos uma capa. Você sabe qual é a sua?. A capa pode ser muitos sentimentos humanos, como o ódio, egoísmo, complexo, ressentimentos ou algo que muitas vezes fazemos que nos distancia de Deus. Este homem citado, sem Jesus falar nada, tirou a capa (teve ATITUDE), para receber seu milagre. Sua capa é o que muitas vezes te faz ficar distante da bênção, precisa ser retirada. Talvez você não tenha força para tomar algumas decisões, mas peça força e ajuda para Deus. Examine-se a si mesmo veja o que precisa deixar. Esse homem teve forças para retirar a capa e imediatamente teve a sua porta aberta. "Bartimeu foi curado, e passou a seguir Jesus, O qual disse a ele:" a tua fé te salvou, ou seja, pronto já tens o que queres. E Bartimeu cheio de gratidão, seguiu o Mestre. Talvez você como este homem precise ser curado espiritualmente para receber as bênçãos de Deus. Ele queria uma porta aberta em sua vida e reconheceu que precisava retirar aquela capa, por isso Deus o ajudou. Peça também a ajuda do Senhor e hoje mesmo encontrará as portas abertas do teu milagre. Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

A SÓS COM O PAI


Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. Mateus 6:6.

Após sermos regenerados pelo Senhor, o próprio Jesus nos mostra a maneira adequada de nós relacionarmos com o Pai. Todo filho de Deus à medida que conhece a verdade, o seu prazer é praticar a verdade. O consagrado servo do Senhor Andrew Murray nos diz que: Após chamar Seus primeiros discípulos, Jesus lhes transmitiu Seu primeiro ensino público no Sermão da Montanha. Explicou-lhes sobre o reino de Deus, suas leis e sua vida. Nesse reino, Deus não é apenas Rei, mas Pai; Ele não apenas dá tudo, mas Ele mesmo é tudo. Somente no conhecimento dEle e no relacionamento com Ele temos essa bem-aventurança. Por essa razão, era natural que a revelação da oração e a vida de oração fossem parte de seu ensino a respeito do Novo Reino que Ele veio estabelecer. Quem são aqueles que já reconhecem este reino? Somente os nascidos de novo. João 3:3. A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

É interessante notarmos que a primeira coisa que o Senhor ensina aos seus discípulos é que eles devem ter um lugar secreto para oração. Cada um deve ter algum lugar de refúgio onde possa estar sozinho com seu Deus e Pai. Todo professor deve ter uma sala de aula. Aprendemos a conhecer e crer em Jesus como nosso único professor na escola da oração. Ele quer que cada um escolha para si um lugar especifico onde Ele possa diariamente encontrá-lo. Este quarto secreto ou lugar solitário é a sala de aula de Jesus. Conforme diz Andrew Murray: Esse espaço pode ser em qualquer lugar; pode mudar de um dia para outro se tivermos de mudar nossa residência; mas esse lugar secreto tem de ser um tempo tranqüilo em que o aluno se coloca na presença do Mestre para ser preparado por Ele para adorar o Pai. Somente lá, esteja certo, Jesus vem para nos ensinar a orar. E o profeta maior nos mostra que é na tranqüilidade que obteremos a força que vem do alto. Porque assim diz o SENHOR Deus, o Santo de Israel: Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranqüilidade e na confiança, a vossa força, mas não o quisestes. Isaías 30:15.

Um professor sempre anseia que sua sala de aula seja alegre e atraente, cheia de luz e ar celestial, um lugar onde os alunos desejam vir e amam estar. Em Suas primeiras palavras sobre oração no Sermão do Monte, Jesus procura apresentar-nos um quadro do quarto secreto o mais atraente possível. Se ouvirmos cuidadosamente, logo notaremos que o assunto principal que Ele tem a nos dizer é sobre nossa permanência lá. Três vezes Ele usa o nome do Pai: "Orarás a teu Pai", "Teu Pai te recompensará", "Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade". Portanto, a primeira coisa no quarto de oração é: eu preciso encontrar meu Pai. Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração. Jeremias 29:13.

O Senhor Jesus nos chama a orar no quarto, porque a luz que brilha no quarto é a luz do semblante do Pai. O ar fresco do céu com o qual vou respirar e orar são: o amor de Deus Pai e sua infinita Paternalidade. Assim cada pensamento ou petição que emitirmos serão simples, sinceros, de uma confiança infantil no Pai. É desta maneira que o Senhor Jesus nos ensina a orar: Ele nos introduz na presença viva do Pai. Nossa oração deve ser eficaz. Ouçamos atenciosamente o que o Pai tem a nos dizer. Primeiro, "orarás a teu Pai, que está em secreto". Irmãos, Deus é um Deus que se oculta do olho carnal. Em nossa adoração a Deus, enquanto nos ocuparmos principalmente com nossos próprios pensamentos e exercícios, não encontraremos Aquele que é Espírito, o Invisível. Mas àqueles que se afasta de tudo que é do mundo e do homem e se prepara para esperar somente em Deus, o Pai Se revelará. Serei achado de vós, diz o SENHOR, e farei mudar a vossa sorte. Jeremias 29:14 a.

Na medida em que a cruz opera em nossa vida, haverá verdadeira renuncia, e também a nossa crucificação para o mundo e tudo aquilo que nos prende, fará com que poderemos ser guiados por Cristo na presença secreta de Deus, aonde a luz do amor do Pai virá sobre aquele que assim procede. A intimidade do quarto secreto e da porta fechada, a total separação de tudo que nos cerca, é uma imagem, e também uma ajuda, daquele santuário espiritual interior, o segredo do tabernáculo de Deus, dentro do véu, onde nosso espírito verdadeiramente entra em contato com o Deus invisível. O salmista já expressava está confiança: Salmos 16:8 O SENHOR, tenho-o sempre à minha presença; estando ele à minha direita, não serei abalado.

Lembremos que Jesus disse que o Pai está em secreto, e com essas palavras nosso Senhor nos ensina onde Ele está nos esperando, onde Ele pode ser sempre achado. Novamente cito Andrew Murray: "Filho de Deus, ouça seu Professor! Ele lhe diz que quando você vai orar sozinho seu primeiro pensamento deve ser: o Pai está em secreto, o Pai me espera lá. Mesmo que seu coração esteja frio e sem vontade de orar, entre na intimidade do Pai amoroso. Como um pai se compadece de seu filho, assim o Senhor Se compadece de você". Diante dessas maravilhosas palavras, não pensemos no pouco que temos para oferecer a Deus, mas no quanto Ele lhe quer dar. Apenas se coloque diante do Pai e contemple Sua face; medite no Seu amor, nas Suas maravilhas, na Sua ternura e amor compassivo. Apenas diga a Ele como tudo é pecaminoso, frio e pesado. Lembre-se sempre disso: é o coração amoroso do Pai que iluminará e aquecerá o seu. Salmos 146:8 O SENHOR abre os olhos aos cegos, o SENHOR levanta os abatidos, o SENHOR ama os justos.

Irmãos, façam o que Jesus disse: feche a porta do quarto e ore a seu Pai que está em secreto. Não é maravilhoso, ser capaz de ficar sozinho com Deus, o Deus infinito, e depois erguer os olhos e dizer: meu Pai? "E teu Pai, que vê em secreto, te recompensará". Jesus nos assegura que a oração secreta não pode ser infrutífera. Sua benção se manifestará em nossa vida. Se tão somente em secreto, sozinhos com Deus, confiarmos a Ele nossa vida diante dos homens, Ele nos recompensará abertamente.

O Pai cuidará para que a resposta à oração se manifeste por meio de Sua benção sobre nós. Desta forma, nosso Senhor nos ensina que é por Sua infinita Paternalidade e fidelidade que Deus nos encontra em secreto, de forma que cabe a nós ter fé simples de uma criança, a confiança de que nossa oração traz a benção até nós. Aquele que se aproxima de Deus deve crer que Ele é galardoador daqueles que O buscam. Hebreus 11:6 Sem fé ninguém pode agradar a Deus, porque quem vai a ele precisa crer que ele existe e que recompensa os que procuram conhecê-lo melhor (LH).

O Senhor Jesus nunca ensinou Seus discípulos a pregar, somente a orar. Não falou muito sobre o que fazer para pregar bem, mas falou muito sobre como orar bem. Saber falar com Deus é bem mais importante do que saber como falar com os homens. A prioridade é ter poder com Deus e não com os homens. Não há nada que seja mais prazeroso a Jesus do que nos ensinar a orar. É por isso que o quarto é um lugar singular que nos dá condições de termos intimidade com o Deus Todo Poderoso. Não que a benção do quarto secreto dependa do sentimento forte ou fervoroso com que eu oro, mas do amor e do poder do Pai a quem eu confio minhas necessidades. E assim o nosso Mestre tem apenas um desejo: lembrar-nos que nosso Pai está nos esperando, vendo e ouvindo em secreto, portanto vá e permaneça lá, e saia de lá com a confiança de que você será recompensado. Devemos confiar nEle, depender dEle, porque a oração para o Pai nunca é vã; Ele o recompensará abertamente. Por isso, vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis. Marcos 11:24.

Uma vez que morremos e ressuscitamos com Cristo, foi com a finalidade de nos tornarmos filhos e filhas de Deus. E para confirmar ainda mais essa fé no amor paterno de Deus, Cristo faz uma terceira declaração: "Porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais". À primeira vista pode parecer que esse pensamento torna a oração menos necessária; porque Deus sabe melhor do que nós o que precisamos. Mas à medida que adquirimos um discernimento mais profundo do que realmente é a oração, essa verdade ajudará, e muito, a fortalecer nossa fé. Ela nos ensinará que não necessitamos como os gentios, com a multidão e urgência de nossas palavras, convencer um Deus indisposto a nos ouvir. Ela conduzirá a uma meditação e silêncio na oração. O nosso Pai sabe o que necessitamos! A oração nos dará, uma vez que já fomos conduzidos pelo Espírito à certeza de que nossa petição é de fato, de acordo com a Palavra, uma necessidade para a glória de Deus. Como é precioso saber que nosso Pai nos ouve, Ele escuta a nossa oração e nos recompensa. Salmos 116:1 Amo o SENHOR, porque ele ouve a minha voz e as minhas súplicas.

O céu não dá quase atenção aos pedidos casuais. Deus não se comove com desejos débeis, orações indiferentes e preguiça espiritual. Deus se alegra em ver uma alma sedenta, enquanto o coração se estende para Ele. Tenhamos isso em mente: o tempo investido na comunhão com o Pai, Filho e Espírito Santo é o uso mais sábio do tempo que você pode fazer. Vamos orar! Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus. Projeto Benção e ação e Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

BREVE REFLEXÃO: COMO OURO E PRATA, SOMOS PURIFICADOS PARA RELUZIR.



“E assentar-se-á como fundidor e purificador de prata; e purificará os filhos de Levi, e os refinará como ouro e como prata, (Malaquias 3:3)”

O processo de purificação ao qual somos tratados por Deus é parecido como o do refino de metal, seja prata ou ouro, somos aquecidos com o fogo do Espírito Santo que faz com que as nossas impurezas separem-se de nossas vidas, subindo ao altar de Deus para que sejam aniquiladas para sempre. E após sofrermos essa limpeza nos tornamos cada vez mais puro. Sem o aquecimento do Espírito de deus, jamais haveria purificação. Quando nossas impurezas são removidas, o reflexo de Deus que é o trabalhador de nossas almas aparece na superfície clara e pura. Deus deseja que seu reflexo se sobressaia em nossa vida, e que as pessoas que estão ao nosso redor vejam com mais clareza a imagem do Pai em cada um de nós. O Senhor diz que os levitas (Os líderes de Israel) deveriam ser especialmente dedicados ao processo de purificação em suas vidas. O sabão forte relatado na bíblia era o álcali, usado para clarear as roupas. Também foi usado como símbolo do processo purificador. Paulo diz “Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. (1 Coríntios 13:12)”, aqui Paulo oferece um sinal do futuro para nos dar esperança de que um dia seremos completos quando virmos a Deus face a face. Essa verdade deve fortalecer a nossa fé. Não temos todas as respostas agora, mas um dia teremos. Um dia veremos a Cristo pessoalmente e seremos capazes de enxergar sob a perspectiva de Deus.
Ele prossegue dizendo: “Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. (Filipenses 3:12)”, Perfeito no sentido de conhecimento de Cristo, de ser semelhante, e ser tudo aquilo que Cristo pretende que sejamos. Precisamos conhecer a Cristo, e para isso é necessário dedicação, tempo, leitura, meditação na palavra e oração.
E encerra falando que: “Por isso todos quantos já somos perfeitos, sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vo-lo revelará. (Filipenses 3:15)”, Aqui Paulo se refere como perfeitos, o ser maduro ou completo, e não de ser impecável, em todos os detalhes. Os maduros continuam buscando incessantemente o conhecimento e poder de Cristo e do Espírito Santo. O maduro tem convicção de que Jesus revelará e preencherá qualquer diversidade de opiniões, entre o que somos e o que devemos ser. Só Cristo pode definir o que realmente sou e serei na glória.
Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

quinta-feira, 22 de março de 2012

PARA VOCÊ QUE TEM SEDE, EIS A FONTE.



"Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna." (João 4:14)

Paz do Senhor amados irmãos, Jesus é fonte de água viva, seus ensinos é o que nutre nossas almas, refrigera nosso coração e estabelece em nosso espírito a Sua verdade. Te convido a beber diariamente dessa fonte que é a palavra de Deus, assim como águas cristalinas, são as palavras deste livro chamado bíblia, que é a boca de Deus. Venha saciar-se de conhecimento, graça, paz e de um amor infinito. A palavra de Deus é nosso alimento, ela nos fortifica o espírito, e assim nos leva a frutificar. Ao buscarmos o conhecimento de Deus, passamos a sentir uma alegria nunca experimentada, vamos nos encher do Espírito do Todo-poderoso, mas é necessário algo para nos encher do seu poder, precisamos esvaziar-nos de nós, e assim Deus irá nos sondar e estabelecer o seu desejo em nossas vidas. Como cada um de nós conhecemos nossas fraquezas, defeitos, e algumas imperfeições, que necessitam de mudança, também precisamos reconhecer nossas limitações e nos encher do poder do Senhor nosso Deus. Se faz necessário em nossas vidas a graça do Pai, a sua unção vinda do seu trono, trazendo força, ânimo para que possamos estar aptos a ministrar bênçãos aos que se achegarem a nós, seja em que área for, libertação, cura, paz, graça, e a principal, Salvação em nome de Cristo Jesus. Precisamos do óleo sobre nossas cabeças. Ao aceitarmos Jesus, Deus reconstrói nosso coração, a nossa história, entregando a cada um, ministérios, talentos, e direção em seu reino. Venha e vamos dar o melhor para Deus, por tantos benefícios que ele nos tem feito. Use tua vida para fazer as coisas para Deus, com toda a sua força, pois o dia em que formos nos deparar com a morte, sendo levados a uma sepultura, caminho esse que todos passaram, não haverá lá atividade, nem planejamento, não há conhecimento, nem sabedoria, por isso amados, que nossas vestes estejam sempre brancas, temei ao Senhor, faze o bem, cumpramos a sua soberana vontade, e assim nunca faltará unção do Espírito sobre nós, vamos conhecer o Senhor, vamos caminhar e estar no centro da Sua vontade. Leia, plante em seu coração a palavra genuína, o verdadeiro evangelho, para que Ele possa nos regar, nos tratando a cada dia para que possamos dá mais frutos no seu reino sobre a terra. O tempo afeta a todos, e ninguém sabe quando virá a sua hora, como está escrito no livro de (Eclesiastes 9:10 a 12) “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma. Voltei-me, e vi debaixo do sol que não é dos ligeiros a carreira, nem dos fortes a batalha, nem tampouco dos sábios o pão, nem tampouco dos prudentes as riquezas, nem tampouco dos entendidos o favor, mas que o tempo e a oportunidade ocorrem a todos." Por isso meu irmão, adore a Deus a todo tempo, leia a palavra, estude, reflita, converse com o Espírito Santo e peça discernimento, pratique a palavra do Senhor, consagre um tempo durante a semana para Ele, a nossa vida está nas mãos de Deus, a partir do momento que você reconhece sua total dependência Dele, mais a vontade do Senhor será boa, agradável, viva, eficaz e perfeita em sua vida! Deus nunca nos esqueceu, jamais esquecerá uma só alma, Ele sempre dará uma chance para que o pecador o conheça, criará estratégias para trazer de volta a sua casa todo aquele que se desviou da verdade, que está caminhando pelo mundo sem saber onde chegar. Jesus prometeu que estaria conosco até a consumação dos séculos, é isso que Jesus tem feito até os dias de hoje e fará até a sua vinda.
Pense, reflita, e se você conhece alguém que já morou na casa do Pai, alguém que o conhece, ou já o reconheceu algum dia como Senhor e Salvador de sua vida e hoje anda longe do caminho da verdade, fale para Ele que Jesus está a porta e bate, e que essa pessoa abra a porta para que Jesus possa permitir a ela que entre novamente na sua morada, lugar de onde jamais devemos sair. Com amor da parte do Pai e nosso Senhor Jesus Cristo, seu irmão, servo e Pregador Maurio Maciel.
Dedico essa mensagem ao Pastor Nicolas, um homem o qual Deus tem usado para fazer diferença em seu reino. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

terça-feira, 20 de março de 2012

PRECISAMOS FALAR MAIS DE SALVAÇÃO E CONDENAÇÃO ETERNA




“Paulo, apóstolo (não da parte dos homens, nem por homem algum, mas por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos), E todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia: Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo, O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, Ao qual seja dada glória para todo o sempre. Amém. Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo. Porque já ouvistes qual foi antigamente a minha conduta no judaísmo, como sobremaneira perseguia a igreja de Deus e a assolava. E na minha nação excedia em judaísmo a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais. Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça, Revelar seu Filho em mim, para que o pregasse entre os gentios, não consultei a carne nem o sangue, (Gálatas 1:1-16)”

Quando paro para pensar em meu chamado, me vejo na mesma verdade e fé do apóstolo Paulo, quando afirma categoricamente que seu chamado e sua formação não foram dados por homens, nem por homem algum, senão por Cristo que nos ensina dia a dia por intermédio de seu Espírito. Entenda o que estou dizendo, não estou afirmando que alcancei o nível espiritual do nosso irmão ou algo assim, mais é que creio que ao ler a bíblia e meditar em seu conteúdo, ouvir um sermão, que ao debater, questionar e conversar com irmãos sobre a palavra, posso absorver uma gama de conhecimento, mais o discernimento de toda essa informação só o Espírito Santo pode-me revelar, pois Ele representa Cristo em minha vida. Sabemos que a vontade de Deus é de que todos ouçam sua palavra de salvação, que creiam no seu Filho como único salvador, se arrependam dos seus pecados e buscando uma vida de entrega total ao pai cheguem a salvação eterna, e que creiam tanto no céu como no inferno, pois aqueles que não crerem terão morte eterna como está escrito “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. (Marcos 16:15-16)”, Jesus disse que se eu não crer nele como Senhor e salvado estarei condenado e ponto final, o futuro dos condenados é o lago de fogo, o final será como está escrito no livro de Apocalipse 20:10-15 “E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.” Não podemos mais nos desviar da palavra genuína, evitando falar de condenação, não podemos ser omissos a verdade de Cristo. Fala-se muito dos ganhos que é salvação eterna, bênçãos, libertação, prosperidade, e na hora de falar da maior perda, que é a condenação eterna, muitos tornam-se religiosos ao extremo, temendo não ser aceito, entendido, crendo que afastará o ouvinte, dos caminhos do Senhor, infelizmente atos absurdos como este ocorrem todos os dias, a todo momento. A pergunta é até quando? Jesus disse em 2 textos bem conhecidos “Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está (condenado), porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. (João 3:18)” e “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em (condenação), mas passou da morte para a vida. (João 5:24)”. Temos visto nos dias de hoje o que apóstolo Paulo fala nos versos 6-9, muitos evangelhos, muitas revelações, muitos ensinos que levam mais a doutrina de placa de igreja e não ao Reino de Deus que é um só. Só há um Deus, um só Senhor, que nos remiu de todas as acusações do diabo, que nos dá vida, paz e abundancia no porvir, a nossa presença diante do Pai será infinita. Muitos pregam Deus, mais falam tão pouco do seu Filho que é o único capaz de nos levar a vida eterna, como posso eu falar do Pai sem pregar o Redentor eterno, o qual por Ele e tão somente Nele alcançaremos a salvação? Tiago diz: “Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o creem, e estremecem. (Tiago 2:19)”.
Paulo diz: “Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça, Revelar seu Filho em mim, para que o pregasse entre os gentios, não consultei a carne nem o sangue, (Gálatas 1:15-16)”, O Deus de Paulo é o seu Deus e meu Senhor também, creio que somos separados sim desde o ventre para servi-lo pela sua graça, e a revelação de Cristo se manifesta todos os dias aquele que o busca e espera com paciência receber o manar que vem do alto, do seu trono, do altar santíssimo de Deus. Aquele que é Filho o Pai o reconhece, cuida, ampara, ensina e mostra que caminho deve andar e o que fazer. O Reino de Deus precisa de homens, mulheres, jovens, anciãos, que verdadeiramente enxerguem a visão sobrenatural do Espírito e seus feitos nos dias de hoje. Há muito a ser feito, muito a ser conquistado, mas também o tempo é curto, abrevia-se a hora do fim, Jesus está voltando, quem tem ouvido ouça o que o Espírito diz a igreja como um todo sobre a terra, “Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. (Apocalipse 3:11)”. Guarda estas palavras na tabua do teu coração para que não pereças meu irmão: E ao anjo da igreja que está em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te. Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas “(Apocalipse 3:14-22)”.
É chegado o tempo de nos achegarmos ao Pai, é momento de arrependimento, mudança de vida, mudança de atitudes, mudança de pensamentos, atos e ações. O Pai e o Filho, estão sobre a terra arrebanhando uma grande nação por intermédio do seu Santo Espírito, seja um a fazer parte dessa gloriosa Nação Santa que subirá aos céus e governará para todo sempre com o Pai.
Grandes são as maravilhas desses últimos dias, fique atento, ore, leia a bíblia, medite, faça uma reflexão interior, fale com Deus, converse com Jesus de forma real, Ele é real, está ao seu lado, conhece todo o teu ser, tuas fraquezas, tua força, teu coração. Jesus quer nos tornar seguidores mais que vitoriosos. Pode parecer a alguns uma arrogância da minha parte afirmar tudo isso, mais na verdade trata-se de uma confiança absoluta que sou filho de Deus, e por crer realmente no motivo para o qual fui resgatado das trevas para sua maravilhosa luz. E creio que a voz que fala ao meu espírito e convence meu coração cada dia mais, vem da parte de Deus e Cristo Jesus.
E a todos deixo essa mensagem do apóstolo Paulo para renovação da nossa mente, “Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte; Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos. Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Por isso todos quantos já somos perfeitos, sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vo-lo revelará. Mas, naquilo a que já chegamos, andemos segundo a mesma regra, e sintamos o mesmo. Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam. Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, Cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas. Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas. (Filipenses 3:7-21).” Oh maravilha!!! As coisas do Espírito se discernem espiritualmente. Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, Pregador Maurio Maciel amém. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

terça-feira, 13 de março de 2012

VENHO ME DERRAMAR







“O, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do SENHOR que nos criou. Salmos 95:6”

Eis-me aqui Senhor para derramar-me em tua presença, em adoração e para tua exaltação. Tu Deus todo-poderoso criador dos céus e da terra e tudo que nela há, só tu és digno de toda entrega e louvor. Te amo oh Deus por tudo que és, por tudo que fizeste por mim cada dia da minha existência. Glorifico a ti porque os teus pensamentos a meu respeito são únicos, formosos, pensamentos de paz e não de mal, como está escrito no livro do nosso irmão Jeremias 229:11 “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.” Sei que ao entrar em meu quarto e orar como teu Filho nos ensinou, trancando a porta, orando a ti que está em secreto, e ouve em secreto, recompensará minhas orações, oh maravilha! Te amo Senhor, porque não olhou para meu passado quando me resgatou das trevas e trouxe-me para sua maravilhosa luz. Ao enxergar o clarão da glória do Seu Filho em minha vida, aprendi que devemos a todo instante, nos derramar em tua presença, te agradecer, reconhecer o teu amor, poder, misericórdia e crer que teus olhos estão postos sobre aqueles que te buscam em espírito e em verdade. Oh Senhor preciso de ti a todo momento da minha existência, em quem poderei eu confiar? A quem buscar? Onde encontrar a resposta certa para as perguntas do meu coração? Onde encontrar refrigério para minha alma, senão no altar da tua morada? Eis-me aqui Senhor, venho derramar-me, sim me derramar em amor, em sede da tua presença, e fome da tua palavra. Ensina-me oh Deus a seguir ao teu lado, a te conhecer mais a cada dia, aprender contigo os mistérios do teu amor genuíno. Usa-me onde desejas que eu seja usado, no momento, lugar e hora da tua determinação, para que assim eu possa dar frutos. O que serei se não der frutos? Se não trazer a ti ovelhas perdidas e leva-las ao teu aprisco? Tu és aquele que sondas, que escolhe, chama, e capacita, continua a ser tudo isso em minha vida Senhor. Às vezes achamos que certas situações são muito difíceis, impossíveis de serem vencidas, mais na verdade não passam de situações momentâneas que nos levaram a crescer e sermos ainda mais fortes, determinados e poderosos em Cristo. O apóstolo Paulo em 2 Coríntios 4:17 “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;”.
Assim disse o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores Jesus Cristo de Nazaré, ao qual seja toda honra, glórias e louvor, “E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. (Mateus 28:18-20)
Te louvo meu Deus, sei que tu és comigo todos os dias da minha vida, usa-me conforme a tua vontade, pois creio que como está escrito em Romanos 11:29 “Porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis.” Permaneço firme e fiel ao que fui chamado por Cristo Jesus, e nada poderá desviar-me ou separar do amor de Deus Pai.Com amor da parte do Pai e de seu Filho Cristo Jesus, adorador e pregador do Deus único Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com

quinta-feira, 8 de março de 2012

O MILAGRE DESSA HORA


Vendo, pois, aqueles homens o milagre que Jesus tinha feito, diziam: Este é verdadeiramente o profeta que devia vir ao mundo.” (João 6:14)

Operará o senhor milagres nestas circunstâncias? Não, a vitória não será essa; ao invés disso, Ele operará o milagre em ti, até que os homens do mundo perguntem: “Qual é o milagre que Deus tem operado nesta hora? “E o remanescente então dirá: “Contemplem os filhos que o Senhor tem trazido à luz, eles são o milagre do senhor”. E olhando ao redor nesta hora, ainda dirá: “Contemplem a maravilha da Sua Palavra”, todavia estarão olhando a homens que respiram, que falam e vivem, e apontando para eles dirão: “Contemplem as epístolas (vivas) de Cristo, lidas e conhecidas por todos os homens”! Esse será o milagre do que Ele tem estabelecido em ti, o milagre daquilo que Deus tem-se tornado em ti, esse será o milagre que mudará os corações dos homens. Está sobre ti o dia em que não mais serás desencorajado ou esmorecido por umas circunstâncias, pois terás grande confiança no Senhor que está Se manifestando dentro de ti. Porque o senhor dentro de ti será teu milagre; o Senhor dentro de ti será a porta aberta para ti; Ele será o Caminho. Vê, o Pai não traz à luz o Seu filho dentro do templo do teu coração para que Ele seja exposto à vergonha, para que Ele seja pisoteado, ou para que seja derrotado pelo assalto do inimigo. Vê que os reinos deste mundo não prevalecerão contra o Reino de Deus, nem contra o Reino que está dentro de ti, pois aí habita o Rei da Glória.
Portanto, prepare o teu coração para caminhares perante o Senhor, pois tu serás o Seu milagre nesta hora. Seja hoje o milagre nas vidas daqueles que o Pai te enviar, mostra o milagre da presença do Rei habitando na vida dos que o buscam.
Lembre-se: Porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis. (Romanos 11:29).
Com amor da parte do Pai e Cristo Jesus, Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:pregador2007@gmail.com