Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR. Portanto assim diz o SENHOR Deus de Israel, contra os pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não as visitastes; eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o SENHOR. E eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos; e frutificarão, e se multiplicarão. E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o SENHOR. (Jeremias 23:1-4)” Deus criou você para ser uma estrela com sua própria grandeza, executando o potencial que Ele mesmo lhe deu. E Deus me enviou à terra com uma missão. Só Ele pode me deter, os homens nunca poderão. E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. Esse blogger tem como objetivo trazer ao público interessado uma verdadeira meditação sobre o que realmente tem levado centenas de pessoas a não irem mais a Igreja. Nosso objetivo é buscar respostas através de cada opinião aqui registrada.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

A CONVICÇÃO INABALÁVEL DE PAULO


"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." Romanos 8:28.

O apóstolo Paulo tinha uma convicção em seu coração, de que todas as coisas cooperam juntamente para o bem daqueles que amam a Deus. Ele deixa claro que o resultado de sua experiência de andar com Cristo diariamente; mesmo passando por grandes tribulações, provações, perseguições e tentações, fazia dele um homem de Espírito inabalável.
A convicção do nosso irmão Paulo, de possuir uma fé inabalável, não era uma mera possibilidade e sim a certeza absoluta e indestrutível de que Jesus sempre esteve ao seu lado e estará para todo sempre até o porvir quando todos nós, juntamente com ele veremos o Filho de Deus face a face. Para Paulo essa convicção de fé, é algo verdadeiro, real e inquestionável. A presença do Filho de Deus em nós é que traz esta convicção em nossos corações, como está escrito II Timóteo 1;12 “Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia.”
A vitória dos que estão em Cristo Jesus não é algo que imaginamos, sonhamos, ou almejamos; é sim algo concreto, verdadeiro, confiável e absolutamente garantido. Jesus nos garante a vitória, somente a ELE pertence toda autoridade no céu e na terra como está escrito em Apocalipse 17:14 “Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão os que estão com ele, chamados, e eleitos, e fiéis”. Essa convicção inabalável de Paulo, não se trata de uma hipótese, mas de o fato de suas experiências vividas na alma, na carne e no espírito; que geraram inúmeros desafios para servir a Cristo com fidelidade independente do que sobrevinha a sua frente. A fé em Jesus não lida com hipóteses, mas com fatos reais. Nosso triunfo não é uma vaga esperança, e sim a certeza inabalável. II Coríntios 2:14 diz: “E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento.” E Hebreus 11:1 “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.”
No mundo em que vivemos cercados de incertezas, promessas vazias ditas ao vento, mentiras e hipocrisias que se misturam em nosso meio, devemos buscar em Cristo a sã doutrina que Paulo menciona ao seu discípulo Timóteo na segunda carta, capítulo 4 verso 3 que diz: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências”. Amados, devemos buscar com Cristo por fim as crises existenciais e emocionais através de nossa convicção de fé, crendo sempre na fidelidade de Deus e que a Sua palavra é o nosso guia para uma vida estável e sadia. Nossa convicção não é subjetiva, mas objetiva e real. Não andamos cegos pelo mundo, e sim enxergamos com os olhos da fé naquele que morreu por nós e prometeu estar conosco até a consumação dos séculos, como está escrito no livro de Mateus 28:20 ”Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” Jesus é o objeto único e absoluto da nossa fé, Ele é o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Senhor dos Senhores, o Rei dos reis; Nossa fé é firmada em Deus nosso Pai, somente Ele é a verdade. Jesus é a verdade absoluta, que liberta, Ele é a verdade eterna. A suposta segurança deste mundo é uma grande farsa; sem Deus não existe firmeza, equilíbrio solidez, estabilidade; a pessoa sem Jesus caminha para o abismo eterno. A convicção inabalável de todos que seguem e servem Jesus Cristo, e que hoje são chamados de lavados e remidos, e que também em Cristo foram justificados, santificados pelo que fez na cruz, é que mesmo passando pelas provações, tentações, problemas, dificuldades, todos tem a certeza em seu coração da plena salvação e vida eterna, como Paulo nos fala em Romanos 10:9 e 10, “A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.”

“E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” Romanos 8:28.
A fé inabalável vai além de nossos problemas cotidianos. A Fé cristã convive com os problemas, com as tensões, com as provações, com as perseguições, como está escrito em II Coríntios 4:8 e 9. Disse Jesus no livro de João 16:33 “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.”Deus em momento algum nos promete uma vida sem lutas, problemas, mas nos garante a vitória sobre esse mundo e tudo que nos sufoca.

Deus nos ama e deu seu único Filho para morrer por nós, essa é a maior prova de amor da parte do Pai para com a humanidade, que eu e você possamos passar a diante essa palavra viva e eficaz que é a palavra de Deus, e assim crer que muitas vidas sejam alcançadas para salvação por intermédio da fé em Cristo Jesus. A todos com amor da parte do Pai e Cristo Jesus nosso Senhor, salvador e consumador da nossa fé.

Deixe seu comentário e divulgue esse blog para edificação de muitos. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail: palestrante2007@gmail.com

quarta-feira, 20 de julho de 2016

PASTOR AMPLIA A TUA TENDA


“Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas. Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua descendência possuirá os gentios e fará que sejam habitadas as cidades assoladas. (Isaías 54 2,3)”

Nosso irmão, o profeta Isaías, mostra-nos neste texto com clareza uma ordem dada por Deus que é “tomar uma atitude e agir”. Ampliar o lugar, estender as cortinas, alongar as cordas e fixar as estacas, significa em nossos dias, ter visão de águia, enxergar longe e sonhar na total dependência de DEUS. Esse texto nos leva a uma reflexão sobre como agir em relação ao crescimento da igreja. Isaías está tratando não só de crescimento, mais também de se fixar em um lugar para quer a igreja que é o corpo de Cristo sobre a terra, cresça para todos os lados e transborde em graça, misericórdia, compaixão, e por intermédio da pregação do evangelho pessoas sejam salvas, lavadas e remidas pelo sangue de Jesus. Quando um líder busca no Senhor uma resposta para crescimento da igreja que Deus lhe confiou, o Pai certamente responde e ao mesmo tempo dá estratégias para que de uma forma vitoriosa e objetiva alcance a meta dada por Deus.
Todos os que crêem em Cristo fazem parte de um corpo justificado no amor de Cristo, e esse corpo é totalmente dependente da graça transbordante do Pai. Amados fomos justificados em Cristo e para Cristo, mas não para ficarmos parados, mas sim, para sermos testemunhas do poder transformador de Cristo e sermos atalaias, sentinelas do Reino de Deus. Muitas vezes, anelamos pela presença de Deus, e ocorre que algumas pessoas se direcionam para a religião, para o conformismo, e assim levados a copiar o que certos homens fizeram para assim tentar achar o Reino de Deus. Querer copiar os feitos de outros não levará você a chegar onde Cristo deseja te levar, isso tem que mudar.
Jesus falou que faríamos obras maiores que as d´Ele (João 14:12),o Apóstolo Paulo disse que “não devemos nos conformar com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. para que possamos viver a boa ,perfeita e agradável vontade de Deus(Romanos 12:2)”.
De outra forma, Isaías 54:2 “a Igreja, que é o corpo de Cristo, a Noiva, tem que buscar algo mais de Deus, pois esse é o desejo do Pai”. O Senhor quer nos revelar "as coisas grandes e ocultas que não sabemos" (Jeremias 33:3), pois somente assim Ele poderá transformar tudo em nossos corações. Não tema o que Deus quer que você seja, Ele quer permitir que seu coração tome proporções tão grandes que possa gerar os sonhos de Deus, Jesus Cristo quer que sua mente idealize o Reino de Deus.
Amado, deixe Deus trabalhar em seu espírito, alma e coração, busque Sua vontade e seja um humilde servo de Deus, pois somente assim Ele poderá te usar para alargar as tendas do SEU reino através da igreja que Deus te entregou.
Pastores Ele quer te usar para ampliar, estender, alongar e fixar seu evangelho. Ele quer usar todos do corpo para evangelizar nas praças, nas escolas, nos hospitais, esquinas, em sua casa e até mesmo em sua congregação.
Você que acabou de ler esse artigo tenha certeza de uma coisa, “O DEUS TODO PODEROSO QUER TE USAR!” Com amor da parte do Pai e de nosso Senhor Jesus Cristo, seu irmão e servo em Cristo Pregador Maurio Maciel.

Deixe um comentário, e divulgue essa mensagem e o blog para edificação de outros e para conhecimento da palavra de Deus aos que não conhecem o evangelho de Cristo. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail: pregadormauriomaciel@gmail.com

sábado, 9 de julho de 2016

A VERDADEIRA IGREJA COMO CORPO SOBRE A TERRA


“E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar. E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, e perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. (Atos 2:38 a 47)”.
Ser igreja não é apenas reunir um grupo de pessoas ou uma multidão dentro ou fora de um templo feito por homens, creio que a Igreja dos nossos tempos se desviou de tal maneira da verdadeira igreja ao que o texto acima se refere que os freqüentadores estão perdidos, sem saber para onde ir ou o que fazer como parte integrante e fundamental da obra de Deus. Creio em uma Igreja cheia da presença e amor de Deus, uma igreja compromissada com as boas novas que Jesus pregou. Creio em um corpo que segue a Cristo com sinceridade no coração, um povo que prega o arrependimento, o batismo, a salvação por intermédio de Jesus e não de homens. A doutrina que devemos seguir é a dos apóstolos, essa foi ensinada pelo Filho de Deus enquanto estava conosco. Precisamos pregar a palavra genuína, para que haja por parte daqueles que se convertem a Cristo o temor verdadeiro em seus corações, não por imposição mais sim por serem cheios do Espírito Santo. É necessário a presença do amor do Pai para que aja o desejo constante de estar juntos, em orações, suplicas, no partir do pão, no desprendimento solidário de pregar o evangelho onde quer que se esteja. A igreja que creio está baseada em uma palavra que Paulo fala aos coríntios “Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. I Coríntios 1:10)”, esse é o princípio, todos tenham um só pensamento, um só objetivo, uma só crença, um só parecer sobre tudo que for indagado. Igreja é o corpo de Cristo sobre a terra e não apenas alguns que se instituem e delegam como sabedores únicos da palavra. Glorifico a Deus por fazer parte do grupo dos que caminham para o alvo, sem soberba, indiferença ou egoísmo. Hoje a Igreja se tornou uma instituição intocável e inquestionável. Temos visto líderes que se consagram verdadeiros senhores da palavra, querem se colocar como o verdadeiro interprete da bíblia mais a seu modo, de forma que tudo o que pregam sempre favorece sua maneira de ver, agir e dirigir sua igreja, (eu disse: “sua igreja”). Hoje a igreja não é mais de Deus, de Cristo e muitas vezes nem o Espírito Santo é ao menos convidado para participar dela, a fé está sendo exposta de diversas formas menos a forma correta que é tê-lo como um consolador, aquele que nos dirigi segundo o caráter de Jesus Cristo.
Precisamos enfrentar esse movimento crescente da prosperidade desfreada, onde só o dinheiro e bênçãos materiais tem valor e sentido nas igrejas. Hoje não se vê como a 25 anos atrás a palavra viva e eficaz sendo pronunciada e difundida com tanta força e coragem. As pessoas hoje em dia não sabem mais discernir o que é graça, bênção ou simplesmente amor de Deus. Você sabe como Jesus era quando esteve na terra? Você imagina como Ele se desprendia das coisas materiais para ensinar e mostrar as espirituais? Jesus era um homem comum cheio do amor, da piedade, da compaixão e misericórdia do Pai por cada pessoa a quem se dirigia. Creio que estar na presença de Jesus era algo inédito, incomparável e indescritível, imagino um poder que o cercava capaz de levar milhares de pessoas a querer apenas ouvi-lo, estar perto dele. Jesus sempre gerou confiança, amizade, bondade, espírito de graça junto aos que o seguia.
O que vimos hoje é bem o contrário, passa-se a idéia que o Reino de Deus é mais bênção que dedicação a Sua adoração, hoje não se adora mais a Deus como a muito tempo atrás. Nos nossos dias as pessoas vão como que obrigadas a Igreja em busca de respostas do seu cotidiano e vida secular ao invés de ir buscar maturidade para enfrentar as adversidades da vida e enxergar de uma vez por todas, que desta vida nada iremos levar. Há prosperidade em cristo? Claro que sim, os que estão Nele e caminham ao seu lado experimentam de momentos sobrenaturais, esses são os que verdadeiramente o buscam em “Espírito e em Verdade”.
Amados precisamos imediatamente começar a divulgar para as pessoas o Amor de Deus, mensagens de sentimento pleno por parte do Pai. Deus está colocando em nossas mãos e diga-se de passagem, de poucos líderes sobre a terra, uma unção da Palavra Viva e Eficaz de Verdade, uma palavra que quando é ouvida ela surte efeito imediato, gera sede e fome de Justiça(amor de Deus), essa palavra é água para quem tem sede, ela é pura, não contaminada, traz saúde ao espírito e a alma; transforma corações vazios, inquietos, cheios de dúvidas e sem direção em verdadeiros mensageiros de Deus. O corpo de Cristo não para de avançar, mesmo com todas essas instituições que pregam mais filosofias humanas baseadas em trechos bíblicos que a verdadeira mensagem do evangelho.
Faça parte desse exército que cultiva o amor de Deus e planta nos corações dos aflitos, perdidos, injustiçados e cheios de vontade da presença de Cristo uma palavra que os coloque em pé para prosseguir. Jesus nos deixou muitas armas, muitas estratégias, e creia que sair pregando prosperidade financeira não é umas delas.
Avançaremos rumo à cruz vazia, porém é nela que foi consumada toda a sua história até que Jesus volte para nos resgatar.
Projeto Benção e Pregador Maurio Maciel. Adquira o livro "O PÚLPITO NÃO É FIM" ou convide o autor para estar levando uma palavra edificante ou realizando uma palestra em sua igreja, retiros, encontros ou eventos. Contato pelo e-mail:PR

 Palestrante2007@gmail.com